Que tal conquistar uma casa sem precisar tirar 1 real do bolso?

Sumário
Compartilhe
20 de maio de 2014

_

casa2Hoje o post tem uma mistura de história de um cara (Kyle MacDonald), minha história e lições de empreendedorismo, confira porque vale a pena.

Que tal conquistar uma casa sem precisar tirar 1 real do bolso?

Essa é a história do Kyle MacDonald e não tem nada a ver com o fast food =)

O que esse cara tem para nos ensinar? Muita coisa. Mas vamos entender a história dele. Kyle MacDonald começou trocando um clips de papel e depois de 14 trocas em um ano ele tinha uma casa!! Confira sua história aqui.

Em 2010, outro jovem de 17 anos Steve Ortiz começou trocando um celular usado e depois de diversas trocas conseguiu um porsche! Confira.

Como eles conseguiram fazer isso?

1º O poder da Percepção de Valor

Eles descobriram que algo que não tem valor para ele pode ter para outra pessoa, ou seja, as pessoas valorizam as coisas, mesmo que você não.

Essa primeira percepção faz a gente como empreendedor ter bem claro que um passo primordial é fazer o seu cliente perceber o valor que tem em seu produto e serviço.

Entender o valor do seu produto/serviço é fazer com que seu potencial cliente tenha bem claro o problema que será resolvido para ele. Por exemplo uma livraria não vende livro, vende conhecimento, desenvolvimento e etc. E quanto vale o crescimento pessoal e profissional para as pessoas?

Para alguns mais e para outros menos.

2º O poder da negociação

De nada adianta você entender a percepção de valor do cliente se você não conseguir negociar. E veja que não estou falando de vendas e sim de negociação.

Negociar é você entender as necessidades do seu cliente e juntos chegarem a uma solução em comum. No caso do Kyle era a troca de uma coisa que ele não usava para outra que ele dava mais valor, justamente para conseguir trocar sempre depois por coisas melhores.

Minha história

Lembro quando eu participei de um evento chamado Bota pra Trocar, organizado por nós mesmo e baseado na história do Kyle, a ideia era simples, você levava algo que não usava mais para trocar por outros objetos.

E como eu sai de um chaveiro de pelúcia para uma mesa de notebook com cooler e tudo?

575044_299565430143218_1729622467_nEu tinha um ursinho de pelúcia em formato de chaveiro, que confesso até hoje não sei como aquilo estava em minhas coisas, mas enfim eu não usava e levei para o evento. Eu estava disposto a trocar por qualquer coisa.

Mas de repente percebi como aquilo tinha tanto valor para algumas meninas e muitas se interessaram. O meu "trocar por qualquer coisa" na hora mudou, pois identifiquei grande valor em meu público potencial.

Me ofereceram muita coisa e eu fui recusando, justamente para agregar ainda mais valor até quem um outro rapaz percebeu o quanto aquilo "era valioso" e ofereceu um binóculo (dos bons, não aquele de 1,99) em troca. Eu não demonstrei, mas minha vontade foi de "WOW, que máximo", afinal, sempre quis ter um binóculo.

E troquei (entreguei o ursinho e um livro na troca), aquele binóculo virou algo muito valioso para mim e eu não trocaria por nada.

Até que chegou o momento em que apareceu um outro cara que nem do evento estava participando e viu o binóculo e resolveu participar da "brincadeira" e perguntou por quanto eu venderia o binóculo. Mas claro que as regras eram claras e só era permitido troca.

Comentei que só podia ser troca e que ele tinha que oferecer algo muito bom para eu trocar. E ele ofereceu um mesa de notebook portátil com cooler e tudo, novinha em folha e que ele buscaria em casa e voltaria.

Resultado, foi um dos maiores cases do evento e cheguei com um ursinho que não fazia ideia porque estava comigo e sai com uma mesa que uso até hoje, simplesmente porque consegui ter a percepção de valor do meu público e soube negociar muito bem.

Isso temos que levar para nossa empresa. Lembre-se sempre disso.

Gostou? Compartilhe esse aprendizado com outras pessoas. Elas podem gostar também. Clique no botão abaixo.

Imagem1

Escrito por Aleksander Avalca: uma pessoa que adora empreendedorismo, comer comida japonesa e se divertir em ócios criativos!

Veja mais fotos do Evento Bota pra Trocar - CLIQUE AQUI

Tags: 
Compartilhe: 
Escrito por
Felipe Piragibe
Posts relacionados:

Seu email vale ouro!

Coloque seu e-mail aqui pra aprender de graça a lucrar como louco!
Vamos nos conectar?
Newsletter
Deixe seu e-mail aqui e comece a receber dicas e novidades exclusivas!
© 2022 4blue | Desenvolvido por Fresh Lab Agência de Marketing Digital
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram