Se você fosse obrigado a adotar uma política de Redução de Custos no seu negócio, por onde você começaria?

Você há de concordar que para uma empresa sobreviver e crescer ela precisa lucrar, certo?

Pois bem, existem apenas duas coisas que você pode fazer para aumentar seus lucros:

Tudo, tudo, tudooo, tudinho que você fizer no seu negócio, vai ter como objetivo aumentar as receitas ou diminuir os gastos. Ponto.

Neste artigo vamos mostrar 6 dicas muito simples para Redução de Custos em sua empresa.


Se você realmente está comprometido em reduzir custos do negócio (e, consequentemente ter mais lucro), recomendo você baixar o e-book que criamos com 44 dicas para Redução de Custos.

Redução de custos banner-min


Antes de conhecer as seis dicas, precisamos entender o:

Princípio Fundamental da Redução de Custos

redução de custos-1

Na realidade existem dois princípios fundamentais, porém um deles é um pouco mais complexo de explicar – por isso deixamos a explicação detalhada em nosso e-book, então vou me focar em um dos princípios:

Não ignore os pequenas gastos

Raramente você terá uma grande despesa que poderá ser eliminada (ou reduzida) e que por si só salvará a empresa.

Não! Redução de Custos acontece em pequenas coisas. Justamente por isso estamos lhe dando seis sugestões para reduzir custos (além das 38 dicas adicionais que estão no e-book)

Tem duas frases de grandes empresários que ilustram esta lógica:

“Pressuponha um Crescimento Zero de Custos Operacionais. Isso significa a eliminação de custos desnecessários como um meio de vida

James Kilts – Ex-CEO da Gillete

Kilts fala que boa parte das empresas acaba pensando em reduzir custos apenas em épocas de crise, porém, ele diz que isto deve ser feito como um meio de vida, ou seja, a todo o tempo reduzir custos!

"Custo é como unha. Tem de cortar sempre"

Beto Sicupira – mega empresário brasileiro sócio de empresas como AB-InBev, Burger King e Heinz

E sabe o que acontece com sua unha quando você não a corta? Ela cresce! Logo, SEMPRE você precisa cortar custos, menos aqueles pequenos e insignificantes, mas que ao final do ano tem uma boa representatividade.

Pense que: uma redução de “apenas” 20 reais por mês, significa uma redução de R$ 240 ao ano.

Se você conseguir 5 reduções de “apenas” vintão mensais, significa que você estará economizando mais de 1.000 ao ano!

Portanto, não ignore os valores pequenos! Somados eles fazem uma graaaande diferença!

As 06 dicas simples para redução de custos

redução de custos-2

1. Desligar os monitores ao sair do escritório (e demais eletros que ficam ligados).

Parece bobo, mas quase todas as pessoas deixam os monitores ligados – eles ficam com a luz piscando durante diversas horas.

O princípio vale para qualquer equipamento que tenha uma luzinha mesmo quando desligado – micro-ondas, roteador, modem, filtro de linha, carregador de laprop, etc.

Outra forma de economizar energia é trocando equipamentos muito velhos, como geladeiras, por exemplo, que consomem bastante eletricidade.

2. Pare de ouvir o ronco do motor

Ao utilizar o carro, troque a marcha até a rotação 25rpm – esta troca “rápida” de marcha pode fazer você economizar até 50% de combustível!

redução-custos-motor-min

Manter a manutenção em dia também ajuda a economizar combustível – pneu descalibrado, e desalinhado e velas desgastadas, por exemplo, prejudica a performance do carro.

E se você tem o comportamento de acelerar o carro mesmo que o semáforo esteja fechado, para frear com força em cima da hora, pare já com isso! (este em especial me deixa bem irritado, não faz sentido uma pessoa fazer isso! rs)

3. Não faça compras com uma visão de conforto pessoal

Muitas vezes o empreendedor faz compras para a empresa pensando com a cabeça de pessoa física, pagando caro por luxos que são irrelevantes para os negócios.

Poderíamos citar vários casos que já presenciamos, mas talvez você mesmo já tenha se acusado nesse aspecto! 😉 A redução de custos começa na sua própria cabeça!


Redução de custos banner-min


4. Sempre negocie com as operadoras de telefone fixo, celular e internet

A concorrência é grande e de tempos em tempos você pode conseguir melhores condições.

Atente-se que alguns consultores comerciais destas empresas podem vir com aquela história de “você vai precisar contratar XYZ (desnecessário pra você), mas daqui um mês eu cancelo para você”.

E aí passa um mês e o sujeito não consegue cancelar ou talvez desapareça do mapa. Tome cuidado com tais promessas!

Antes de fechar com um concorrente, peça o cancelamento do serviço atual, pois muitas vezes a empresa tual pode fazer uma oferta ainda melhor!

Extra: Procure planos de telefonia de pessoa física também, as vezes eles saem mais em conta do que para pessoas jurídicas.

5. Crie vídeo-treinamentos para os funcionários

É essencial evitar a rotatividade de pessoas na equipe, mas por mais que você reduza, sempre haverá troca de funcionários - e até mesmo o crescimento da equipe.

Sabe aquele treinamento que você sempre dá aos colaboradores? Que tal transformá-lo num vídeo?

Você vai poupar muito o seu tempo, como empreendedor. Depois, basta sentar com o colaborador para tirar as dúvidas e dar os toques finais.

E sempre que o colaborador tiver dúvidas quanto sua tarefa, ele pode revisitar os vídeos.

Tempo é dinheiro!

6. Tenha a certeza de que está fidelizando seus clientes – e sendo eficiente no atendimento inicial

Captar um novo cliente sai muito mais caro do que manter os atuais - estudos apontam que é 6x mais caro captar um novo cliente.

Portanto, quando você consegue ter uma boa parcela de seu faturamento vinda dos clientes fiéis, pode não parecer, mas você está economizando dinheiro!

Ao mesmo tempo, sua eficiência na hora de fechar um novo cliente é extremamente importante. Já cansei de tentar contratar ou comprar algo, mas a ineficiência do fornecedor (demora para responder, descaso, mau atendimento, má vontade, etc...) me fez desistir de efetivar a compra.

Faça um teste agora mesmo:


Aqui apresentamos apenas 6 dicas das 44 que separamos num e-book gratuito. Clique aqui agora para fazer o download e começar com o corte de custos!

Passo a Passo para uma boa Redução de Custos

Cada empresa tem suas peculiaridades. As 44 dicas que separamos são aplicáveis na grande maioria dos casos, mas ainda assim você deve seguir alguns passos para conseguir gerenciar melhor os custos do negócio e ter mais lucros.

Passo 1: Tenha controle de cada centavo que entra e que sai

É impossível você gerenciar uma conta que você nem percebe que existe. Portanto, você precisa , sim, ter um controle financeiro perfeito de cada centavinho que entra e que sai.

*Eu conheço uma empresa especialista na implementação destes controles. Fica a dica 😉

Passo 2: Estruture um relatório da forma correta

Nós temos um guia completo de como elaborar um Fluxo de Caixa, que você pode conferir aqui.

Resumidamente você vai estruturar as contas conforme os grupos: custos variáveis, despesas fixas, investimentos e saídas não operacionais.Se você conseguir levantar a média de gastos dos últimos 6 ou até 12 meses será perfeito!

Passo 3: Analise quais são as contas mais relevantes

Tendo um relatório dos gastos em mãos, você conseguirá perceber facilmente quais são as contas mais relevantes no seu negócio. Geralmente será a conta de Pessoal e, em caso de comércio, as contas de Fornecedores também.

Passo 4: Comece a definir o que fazer

Quais destas contas podem ser renegociadas? Quais podem ser eliminadas? Quais podem ser substituídas por outro fornecedor? Em quais você pode simplesmente reduzir o uso? É importante listar tais ações.

Passo 5: Não esqueça das contas menores

Com certeza haverá um conjunto de contas pequenas que, isoladamente, não representam tanto, mas que em conjunto, podem representar uma boa redução de custo

Passo 6: Seja criativo

Muitas vezes fazemos algo simplesmente “porque sim”, ou seja, seguimos a manada ou fazemos porque sempre foi feito desta forma. Esta na hora de repensar os velhos hábitos de gestão.

Desde o software que é utilizado até o número de funcionários que a empresa precisa – colocando a criatividade para funcionar você pode encontrar formas alternativas de fazer o negócio funcionar.

Passo 7: Aja!

Não adianta deixar os planos no papel. Após listar tudo o que pode ser feito, defina prazos e responsáveis. Comece pelas contas mais fáceis e vá migrando para as mais complexas de serem reduzidas.

(Obs.: no e-book “44 dicas efetivas para redução de custos na sua empresa”, lhe damos um presentinho extra que ajuda, e muito, no estabelecimento das ações para reduzir os custos)

Agora é sua vez de começar com a redução de custos!

> Lembra que para aumentar os lucros, ou você aumenta a receita ou diminui os gastos. Diminuir os gastos está muito mais sob seu controle do que aumentar as vendas!

> Anota todas as dicas aqui e coloca um prazo para serem implementadas!

> Baixa nosso e-book com todas as dicas e potencialize ainda mais suas possibilidades de redução de custo

> E, aproveita que você está aí, e compartilha este e-book com os amiguinhos =D

Compartilha aí soldado!Compartilha pliss

Vamos nos conectar?
Newsletter
Deixe seu e-mail aqui e comece a receber dicas e novidades exclusivas!
© 2022 4blue | Desenvolvido por Fresh Lab Agência de Marketing Digital
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram