Ponto de Equilíbrio - O que é e como calcular

Sumário
Compartilhe
25 de setembro de 2015

_

O Ponto de Equilíbrio é um dos principais números que você precisa ter clareza na sua empresa, é ele que vai impedir sua empresa de ter prejuízo. Quer aprender o que é o Ponto de Equilíbrio e como fazer este cálculo? Aprenda aqui!

O que é Ponto de Equilíbrio?

O Ponto de Equilíbrio (PE) é o mínimo que sua empresa precisa faturar para não ter prejuízo, ou seja, ficar no zero a zero – não perdeu, mas também não ganhou dinheiro.

Por exemplo: em um determinado mês, preciso faturar no mínimo 15 mil reais para pagar todas as contas. Se eu faturar esses 15 mil, não sobra dinheiro, mas também não falta.

Assim, é o mínimo do mínimo do mínimo que a empresa precisa faturar. Se faturar menos que o ponto de equilíbrio, terá prejuízo. Da mesma forma, se faturar acima, começa a ter lucro.

Como calcular o Ponto de Equilíbrio

É uma fórmula matemática. Você precisará levantar duas informações sobre o seu negócio:


1. Despesa Fixa: primeiramente, você precisa saber a Despesa Fixa da sua empresa.

Despesas fixas são aqueles gastos de estrutura do negócio, que não variam conforme sua venda. Água, luz, telefone, salários, pro-labore, etc.

Assista esse vídeo para saber corretamente a diferença entre Despesa Fixa e Custo Variável.

Vídeo - Qual a diferença entre Despesa Fixa e Custo Variável?

2. Margem de Contribuição: em seguida, você precisa saber a Margem de Contribuição. Assista esse vídeo que explica o que é.

Vídeo - O que é e como calcular a Margem de Contribuição?

Exemplo do cálculo de Ponto de Equilíbrio

Imagine que você tem uma empresa que vende canecas. A Despesa Fixa da sua empresa é de 10 mil reais por mês. Ou seja, faça chuva ou faça sol, você tem 10 mil de contas a pagar.

E para cada 100 reais de venda, sua empresa tem 50 reais de Margem de Contribuição (os outros 50 foram embora com impostos, fornecedores, comissão, etc.)

Faturamento:                                  100,00

(-) C. Variáveis:                                50,00

= Margem de Contribuição:         50,00

Isso significa que a Margem de Contribuição é de 50% (50 da margem de contribuição dividido pelo 100 do faturamento).

Com estes dados em mãos, finalmente podemos entender e calcular a fórmula do Ponto de Equilíbrio:

O mínimo que esta empresa precisa faturar é 20 mil reais. Então, se ela faturar 20 mil, vai conseguir pagar as contas. Abaixo deste valor com certeza terá prejuízo.

Agora, imagina que outra empresa com despesa fixa de 10 mil, tem margem de contribuição de apenas 35%.

Colocando na fórmula: 10.000 / 35% = 28.571,43

Por ter uma Margem de Contribuição menor, a empresa tem que faturar muito mais do que a anterior.

Portanto, quanto maior sua margem de contribuição, melhor!

Quando a MC é muito pequena, você precisa ter um giro alto.


Agora é a sua vez: qual o ponto de equilíbrio do seu negócio?


DICA EXTRA

Você pode adquirir a nossa Ferramenta de Cálculo de Ponto de Equilíbrio que vai ser de grande auxílio para você saber exatamente o mínimo que você precisa faturar! Confira!

Compartilhe: 
Escrito por
Equipe 4blue
Posts relacionados:

Seu email vale ouro!

Coloque seu e-mail aqui pra aprender de graça a lucrar como louco!
Vamos nos conectar?
Newsletter
Deixe seu e-mail aqui e comece a receber dicas e novidades exclusivas!
© 2022 4blue | Desenvolvido por Fresh Lab Agência de Marketing Digital
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram