Lucratividade e Rentabilidade. Qual a diferença?

Sumário
Compartilhe
27 de março de 2018

_

Se você começar a estudar um pouco sobre empreendedorismo e finanças vai cair nestes dois termos: lucratividade e rentabilidade.

Os dois estão relacionados e isso pode gerar certa confusão, mas seu conceito é completamente diferente.

Neste post vamos entender a diferença entre lucratividade e rentabilidade, como calculá-los e o que fazer com esses números para melhorar seu negócio.

Bora?

Qual a diferença entre Lucratividade e Rentabilidade

Lucratividade é a relação do Lucro do seu negócio e sua Receita (faturamento). De forma simples: de tudo que você faturou, quantos % sobraram como lucro?

Rentabilidade é a relação do Lucro da empresa e o Investimento realizado – geralmente para iniciar o negócio.

Desta forma, a Lucratividade refere-se a quanto a empresa lucrou num determinado período (num mês, semestre, ano, etc.).

E a Rentabilidade refere-se ao quanto a empresa recuperou dos seus investimentos num determinado período.

Vamos ver na prática como calcular estes dois indicadores.

 

Lucratividade: como calcular

Os indicadores de lucratividade e rentabilidade são calculados por meio de fórmulas matemáticas.

Mas não se assuste, é bem simples de calcular.

Fórmula da Lucratividade:

Lucratividade = (Lucro / Receita Total) x 100

(lucratividade é igual ao lucro divididos pela receita total vezes 100)

Vamos colocar num exemplo pra ficar mais claro.

 

Imagine um comércio de móveis.

No primeiro trimestre do ano este comércio teve um faturamento bruto de R$ 100.000,00 (média de pouco mais de 30k por mês).

Após pagar...

...todos os custos variáveis (impostos, fornecedores, comissões, taxas de cartão, etc.),

...todas as despesas fixas (despesas administrativas, salários, pro-labore dos sócios, serviços de terceiros, etc.) e

...ainda pagar investimentos em marketing, treinamento e estrutura.

Este comércio obteve um lucro de R$ 12.000 neste trimestre.

Ou seja, faturou 100k e lucrou 12k.

Assim, a Lucratividade vai indicar quantos % este lucro representa em relação a receita.  Veja na fórmula:

Lucratividade = (Lucro / Receita Total) x 100

Lucratividade = (12.000 / 100.000) x 100

Lucratividade = 12%

 

A lucratividade deste comércio foi de 12%. Em outras palavras, a cada 1.000 (mil) reais de vendas, a empresa fez sobrar (lucrar) 120 reais.

lucratividade e rentabilidade - curso grátis finanças

Quer aprender mais sobre finanças para pequenas empresas?

Rentabilidade: como calcular

Da mesma forma que a Lucratividade, a Rentabilidade é calculada por uma fórmula.

Fórmula da rentabilidade:

Rentabilidade = (Lucro / Investimento) x 100

(Rentabilidade é igual ao lucro divididos pelo investimento vezes 100)

 

Vamos manter o exemplo do comércio de móveis para colocar num exemplo.

Falei que este comércio no primeiro trimestre faturou 100 mil e lucrou 12 mil, certo?

Digamos que, no ano inteiro este comércio teve um faturamento de R$ 400.000 (quatrocentos mil reais) e um lucro de R$ 48.000 (quarenta e oito mil reais). A lucratividade dele foi os mesmos 12%, certo?

Para o cálculo da rentabilidade nós precisamos saber o investimento inicial para abrir o negócio.

Digamos que o Seu Joaquim (dono do comércio, rs) investiu R$ 120.000 (cento e vinte mil reais) para começar a empresa.

Assim, para calcular a rentabilidade basta colocar na fórmula:

Rentabilidade = (Lucro / Investimento) x 100

Rentabilidade = (48.000 / 120.000) x 100

Rentabilidade = 40%

Com estes números descobrimos que este comércio tem uma rentabilidade de 40%.

O que isso quer dizer? Que naquele ano a empresa recuperou 40% do seu investimento feito inicialmente.

Se fosse um negócio em início de operação e que conseguisse replicar esses números todos os anos, demoraria cerca de 2,5 anos para recuperar o investimento total. Para achar este número basta fazer a conta inversa, dividindo o investimento (120 mil) pelo lucro anual (48 mil).

lucratividade e rentabilidade - fórmulas

 

Lucratividade e Rentabilidade: como analisar?

“Ok Renan, entendi os conceitos e como calcular, mas e daí? Na prática o que isso quer dizer para meu negócio?”

Ótima pergunta! É fácil entender estes conceitos, mas pouca gente mostra o que fazer com eles na prática.

Vou listar abaixo algumas sugestões de análise a partir da lucratividade e rentabilidade do seu negócio.

(você já fez sua inscrição em nosso curso grátis de gestão financeira? É 100% online e 100% gratuito. Basta fazer sua inscrição clicando aqui e começar agora mesmo!)

 

# Lucratividade dentro da média do setor?

Uma primeira análise é entender se a lucratividade da sua empresa está dentro da média esperada.

Em nosso guia sobre lucro nós damos algumas bases do que esperar de lucro para cada tipo de negócio.

 

# Rentabilidade: prazo de retorno dentro do aceitável?

Antes de iniciar o negócio, a partir de suas projeções financeiras, você pode ter uma estimativa de sua rentabilidade.

Se você procurar por modelos de franquia para comprar, será comum encontrar o “prazo de retorno”. Este prazo geralmente gira entre 2 e 4 anos para a maioria dos negócios de franquia.

Assim, se pelas suas projeções, o seu negócio vai ter um retorno a partir do 6º ano, por exemplo, pode ser o momento de repensar a forma com que está criando o negócio. Afinal, se existem opções que retornam o dinheiro em 2 anos, por que você vai investir em algo que vai demorar 6 para lhe dar seu dinheiro de volta?

 

# Rentabilidade: é melhor aplicar o dinheiro?

Ligado à análise acima, você pode comparar a rentabilidade do seu negócio com a de um investimento financeiro. Se sua empresa promete uma rentabilidade de 10% ao ano, então talvez seja melhor você aplicar o dinheiro num Tesouro Direto ou CDB e não correr os riscos da sua empresa própria.

Já se você prevê uma rentabilidade de 40% ao ano, aí vai ser difícil você conseguir uma aplicação financeira tão boa assim.

 

#Lucratividade: onde estão as falhas do meu negócio?

A Lucratividade normalmente está relacionada ao Lucro Líquido do negócio. Porém, dentro de uma estrutura mais completa de análise, você conseguirá definir outros indicadores de lucro, tais como a Margem de Contribuição, Lucro Operacional Antes dos Investimentos e Lucro Operacional.

A partir desta análise você conseguirá enxergar com mais clareza onde estão os pontos de melhoria do seu negócio. Recomendo fortemente ler nosso post sobre como calcular o lucro do seu negócio.

 

 

Rentabilidade de investimentos financeiros

O termo Rentabilidade é muito usado nos investimentos financeiros.

Quando você vai aplicar seu dinheiro no CDB, por exemplo, possivelmente você será informado que a rentabilidade dos últimos 12 meses foi de X%.

O conceito aqui é o mesmo. O quanto você lucrou em relação àquilo que você investiu.

Se você aplicou 1.000 reais e depois de 12 meses tinha 1.100 na conta, significa que sua rentabilidade anual foi de 10% (100 de lucro em relação aos 1.000 investidos)

A diferença é que numa aplicação financeira esta rentabilidade é mais óbvia. Você coloca um dinheiro e ele rende.

No seu negócio você tem inúmeras receitas e despesas, portanto você precisa apurar o lucro da empresa para aí sim calcular sua rentabilidade.

 

Rentabilidade de um Investimento

Acima expliquei a rentabilidade do negócio como um todo, ou seja, o quanto você está recuperando do valor investido para iniciar sua empresa.

Mas a mesma lógica pode ser aplicada para investimentos específicos na empresa.

Este número também é conhecido como ROI (em inglês Return on Investment), ou Retorno do Investimento.

Imagine que você vai fazer uma ação de marketing e pretende investir 10 mil reais.

Sua meta é transformar estes 10 mil numa venda bruta de 40 mil reais.

Desta forma podemos calcular o ROI bruto desta operação:

ROI = (Receita / Investimento -1) x 100

(Retorno do Investimento é igual a receita dividida pelos investimentos menos 1 vezes 100)

Assim, o cálculo no exemplo fica (vou quebrar em duas partes para não haver dúvidas):

ROI = (40.000 / 10.000 -1) x 100

ROI = (4 – 1) x 100

ROI = 300%

Neste exemplo, o retorno do investimento feito é de 300%.

 

Porém, aqui estamos calculando um ROI bruto, ou seja, a partir das vendas brutas.

Para aprofundar este cálculo, você pode entender a rentabilidade do investimento.

O cálculo da Rentabilidade é o lucro dividido pelo investimento, certo?

Ao calcular a rentabilidade de um investimento específico, você terá de achar o lucro do produto/serviço e dividir pelo respectivo investimento.

Este lucro do produto/serviço é a Margem de Contribuição. Recomendo a leitura deste artigo aqui para se aprofundar mais na questão.

 

Colocando em termos práticos...

Digamos que a Margem daquela venda de 40 mil reais seja de R$ 20 mil. Ou seja, metade da venda são custos do próprio produto (impostos, fornecedores, taxas de pagamento, comissão, etc.)

Assim, podemos calcular Rentabilidade desse Investimento com mais precisão:

Rentabilidade do Investimento = (Lucro da venda / Investimento -1) x 100

Rentabilidade = (20.000 / 10.000 -1) x 100

Rentabilidade = (2-1) x 100

Rentabilidade = 100%

 

Neste cenário temos um cálculo mais profundo. O investimento de 10 mil reais, nos deu um retorno real de 100%, já depois de tirados os custos da própria venda.

Aqui vemos a diferença entre o cálculo do ROI bruto (300%) e a Rentabilidade real da operação (100%). É preciso ficar atento a esses números para não tomar decisões equivocadas em seu negócio.

lucratividade e rentabilidade - curso grátis

Clique na imagem para fazer o curso grátis de finanças para pequenas empresas!

Como aumentar a Lucratividade e Rentabilidade do negócio?

A Lucratividade e Rentabilidade são indicadores de resultado do seu negócio, logo, a intenção é tornar esses números melhores.

Quanto maior a lucratividade e maior a rentabilidade, melhor.

 

Como aumentar a Rentabilidade?

A rentabilidade é afetada por dois números: o lucro e o investimento.

Logo, para aumentar a rentabilidade você precisa aumentar o lucro e diminuir o investimento.

Para aumentar o lucro vou comentar no tópico a seguir.

Já na parte dos investimentos, a lógica é: quanto menor o investimento – em tese – mais fácil será de recuperá-lo.

Exemplo simples: quando eu e o Aleks, meu sócio, abrimos a 4blue lá em 2009, nós investimos 50 reais para começar o negócio. Foram 50 pila para imprimir cartão de visitas para os dois.

Ou seja, o investimento financeiro foi muito [muito] pequeno. Logo, foi muito fácil recuperar esse investimento.

Já um negócio que necessite de um investimento inicial de 1 milhão de reais, terá de gerar uma lucratividade muito maior para se pagar.

Mas aqui vale uma atenção: TEORICAMENTE um negócio com maior investimento inicial terá mais capacidade de gerar lucro. Teoricamente.

 

Como aumentar a Lucratividade?

Aqui o papo já fica mais complexo.

Existem 4 grandes fatores que influenciam na lucratividade do negócio:

>> Aumentar as vendas

>> Aumentar os preços

>> Diminuir custos variáveis

>> Diminuir despesas fixas

Trabalhar de forma eficaz nestes 4 pontos tem o real poder de turbinar os seus lucros. (nós temos uma ferramenta em Excel que te ajuda a analisar estes números. Dá uma olhada aqui)

 

Aqui vai uma dica de ouro: aumentar os preços, na maioria dos casos, é o fator que mais tem poder de alavancar os seus lucros.

Enquanto a maioria dos empresários ficam batalhando apenas para aumentar as vendas, em geral é um aumento de preço que tem o real poder de alavancar a lucratividade.

“Ah, mas se eu aumento meus preços, ninguém vai comprar de mim”

Este é um argumento válido, admito. Mas o ponto é: existe alguém no seu mercado que pratica preços superiores aos seus? Se sim, então provavelmente é possível aumentar os preços.

Este é um assunto mais complexo que não vou me estender aqui. Por hora entenda os 4 fatores que aumentam sua lucratividade e entenda que geralmente o aumento de preços é o que mais tem poder de aumentar os lucros.

--

Ufa!

Espero que tenha ficado mais claro as diferenças entre lucratividade e rentabilidade dentro do seu negócio.

São dois números que andam sem paralelo e que vão indicar se sua empresa está sendo bem sucedida ou não.

Cabe agora à você ter o pleno controle dos seus números 😉

E se quiser ir além, faz nosso curso grátis de finanças agora mesmo! \O/

 

Grande abraço e até a próxima!

Renan Kaminski, sócio da 4blue

 

 

Compartilhe: 
Escrito por
Equipe 4blue
Posts relacionados:

Seu email vale ouro!

Coloque seu e-mail aqui pra aprender de graça a lucrar como louco!
Vamos nos conectar?
Newsletter
Deixe seu e-mail aqui e comece a receber dicas e novidades exclusivas!
© 2022 4blue | Desenvolvido por Fresh Lab Agência de Marketing Digital
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram