Fluxo de Caixa - Tudo o que você precisa saber!

Sumário
Compartilhe
12 de maio de 2022

_

Entender os números do seu negócio é muito importante para traçar boas estratégias e evitar gargalos financeiros. Mas para isso é necessário ter um Fluxo de Caixa que permita ter essa clareza. Nesse artigo você vai aprender o que é, como fazer e porque é importante ter um Fluxo de Caixa bem feito na sua empresa.

O principal aliado dos empreendedores no planejamento e controle da empresa, sem dúvidas, é o Fluxo de Caixa.

Além de trazer facilidade na hora de enxergar os números e movimentações, ele também garante organização para projetar investimentos futuros, mostra a disponibilidade do capital de giro para cumprir os pagamentos e compromissos, ajuda a analisar se a sua precificação está sendo feita de maneira correta, tem papel importante na análise de desempenho das estratégias de vendas e muito mais.

Pode parecer até milagroso que ele faça tudo isso - e é mesmo!

Por isso, é de extrema importância que você use essa ferramenta no seu negócio.

Mas se quer aprender o que é Fluxo de Caixa e como aplica de forma correta na sua empresa, vem com a gente nesse artigo.

O que é Fluxo de caixa?

Fluxo de Caixa é onde você vai ter que registar todas as movimentações financeiras da sua empresa e todos os gastos fixos e variáveis que você possui.

Tudo mesmo. Cada centavo. O que entrou e o que saiu.

O controle exato das finanças faz com que você tenha na palma da sua mão o que está acontecendo com seu negócio. Se ele está saudável financeiramente, ou não.

Além disso, vai te ajudar a tomar atitudes para alavancar os lucros ou reverter os prejuízos.

Se não utilizar o Fluxo de Caixa, tudo é achismo. Você acha que está tendo lucro e acha que a empresa está indo bem. Mas será que está mesmo?

Desenvolvendo o hábito de preencher todas as movimentações de maneira correta, você terá um histórico com banco de dados que vão te ajudar a projetar novas estratégias, corrigir os erros e escalar os acertos.

Como Começar

É muito comum que os empresários de pequenas empresas ou aqueles que não se modernizaram ainda utilizem o caderninho para fazer esse relatório.

Mas esse é o pior erro que você pode cometer.

Não é porque seu negócio é pequeno que ele não precisa ser levado a sério. E começando agora da maneira correta, com certeza será mais fácil no futuro.

E quando falamos em planilhas, você pode torcer o nariz imaginando ser algo difícil e complexo, mas hoje em dia já existem opções muito simples para se organizar.

Se você sabe usar um computador ou celular, então também consegue preencher o Fluxo de Caixa de maneira simples, mas que vai te dar relatórios muito completos.

Não acredita? Então, conheça o yampa para descobrir como é fácil!

Esse é um investimento que vale a pena pensando no retorno financeiro que terá a longo prazo.

Mas por que fazer Fluxo de Caixa?

Você pode estar se perguntando "Mas o que faz o Fluxo de Caixa ser tão importante assim? O que eu ganho com isso?"

Nós não estamos falando apenas de uma ferramenta que vai te mostrar quanto tem na conta bancária, quanto vendeu e quanto gastou.

Esse é o mínimo!

O mais importante são os dados que muitas vezes ficam 'escondidos', mas são mais importantes do que o número de vendas.

Afinal, você pode estar vendendo com uma precificação toda errada e quase não tendo lucro. Aí então o Fluxo de Caixa vai te apontar esse erro.

E  esse é apenas um pequeno exemplo dos benefícios. Vamos te mostrar os melhores indicadores para começar a enxergar quando se faz o Fluxo de Caixa de maneira correta.

Vamos lá:

  1. Receita ou Entrada: Aqui é o que efetivamente entrou de grana na sua empresa. Vale lembrar que a entrada é diferente de vendas, afinal algumas vezes você vai vender parcelado e ir recebendo aos poucos. 
  2. Margem de Contribuição: é o valor da receita menos os custos variáveis. Ou seja, é quanto a sua empresa recebe para pagar as despesas fixas e gerar lucro. Este é um dos indicadores mais importantes do seu negócio.
  3. Lucro Operacional: é a diferença entre todas as receitas de vendas, os custos variáveis e as despesas fixas. Ou seja, é o quanto a operação da empresa gerou de resultado.
  4. Resultado Líquido: vai considerar todas as movimentações, inclusive as entradas e saídas não operacionais. Vai te dizer se você gerou caixa ou teve prejuízo no período.
  5. Ponto de Equilíbrio: é o mínimo que a empresa precisa faturar para pagar todas as contas e não ter prejuízo. Ou seja, quando a empresa atinge o Ponto de Equilíbrio, ela não teve lucro, mas também não teve prejuízo. Ficou no zero a zero.

Como pode perceber, o Fluxo de Caixa te dá muitas ferramentas para melhorias, e por isso enfatizamos a importância de fazer isso de forma digital.

Imagine só a quantidade de contas que teriam que ser feitas para ter todos esses números prontos. Seria muito cansativo, não é?

Preciso mesmo deixar o "caderninho"?

Resposta curta e grossa: SIM!

Anotar só por anotar não adianta muita coisa, porque o objetivo do Fluxo de Caixa é você conseguir tomar algumas decisões e atitudes para melhorar a sua gestão financeira. 

Como você já sabe que existem muitos indicadores, fazer tudo isso no papel vai ficar muito difícil para conseguir enxergá-los.

Vamos te mostrar algumas ações mais práticas do dia a dia para te convencer a largar de vez o tal do caderninho.

Dificulta que você negocie com fornecedores

Por acaso você consegue saber facilmente quanto gastou com seus principais fornecedores nos últimos 6 meses? 

Essa informação te dá um grande poder de negociação, uma vez que você pode usar o montante gasto para pedir melhores condições de preços e prazos de pagamento.

Falta de visão gráfica do seu crescimento

Seu caderninho não consegue gerar gráficos e relatórios para que você acompanhe de forma visual o crescimento do seu negócio. 

E para a maioria das pessoas fica muito mais fácil quando transformamos números em gráficos.

Não mostra as porcentagens dos seus principais indicadores

Enxergar seus números em porcentagens e com análises automatizadas, além de fazer você ganhar tempo, te ajuda a pensar mais rapidamente em maneiras de corrigir os erros para alavancar os lucros.

Não te dá clareza

E passar meses e meses sem saber para onde foi o seu dinheiro é muito grave. E vamos ser bem sinceros, qual a chance de você ter um registro histórico para gerar comparativos mês a mês usando um caderninho?

Você sabe quais contas estão melhorando ou quais estão piorando? Então!

Perda de tempo

Tentando ter um Fluxo de Caixa de forma manual faz com que você gaste muito mais tempo com atividades operacionais enquanto poderia estar usando o mesmo tempo para atividades estratégicas, pensando em como fazer seu negócio crescer

A estrutura perfeita para o seu Fluxo de Caixa

Sabendo dos benefícios e como você pode tornar mais fácil o preenchimento desta ferramenta, vamos te mostrar agora qual a estrutura perfeita para o seu Fluxo de Caixa.

E então, vai dar uma chance?

Se você chegou até aqui, conseguiu perceber a importância de ter um Fluxo de Caixa completo no seu negócio e que seja feito por um software de qualidade.

E você pode pensar que fazer essa migração pode dar muito trabalho, mas podemos garantir que é algo simples e que vai te dar muitos retornos a longo prazo.

Poderíamos dizer que até no curto prazo você conseguirá identificar gastos desnecessários e erros de cálculos que vão gerar lucros rapidamente, principalmente analisando suas despesas fixas.

Por isso, comece agora a ter uma gestão financeira profissional na sua empresa.

O Fluxo de Caixa vai ser o seu melhor amigo no futuro!

Compartilhe: 
Escrito por
Equipe 4blue
Posts relacionados:

Seu email vale ouro!

Coloque seu e-mail aqui pra aprender de graça a lucrar como louco!
Vamos nos conectar?
Newsletter
Deixe seu e-mail aqui e comece a receber dicas e novidades exclusivas!
© 2022 4blue | Desenvolvido por Freshlab Agência Digital.
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram