Os 4 pecados capitais na Gestão Financeira

Sumário
Compartilhe
3 de dezembro de 2012

_

pecado-capital_thumb[4]Cuidado para não sofrer a fúria dos deuses financeiros (a sua falência)

Você sabia que uma grande responsabilidade de mortalidade das empresas não está na falta de clientes ou no faturamento baixo?

Mas sim na falta de gestão financeira da empresa?

 

Você prefere faturar 10 mil reais por mês e ter um lucro de 5mil
Ou 100mil reais e ficar no prejuízo de 20mil?

Por essas e outras que a Gestão Financeira torna-se tão importante, é com ela que conseguimos monitorar os resultados e saber se nosso negócio está sendo viável ou não.

Mas porque tantos empreendedores não fazem a gestão correta do dinheiro?

Eu colocaria como principal razão a falta de conhecimento, é impressionante quando damos um curso financeiro, seja de 3 ou 15 horas, o quanto as pessoas se surpreendem com coisas “básicas” ou que deveria ser.

Se as pessoas já têm dificuldades com finanças pessoais, quem dirá com as empresariais que são bem mais complexas.

 

Exatamente por tudo isso, montamos os 4 pecados capitais na Gestão Financeira, que você não deve cometer em planejamento-financeiro-pessoalhipótese alguma para que os deuses da Gestão Financeira não venham puxar o seu pé (e pescoço).

Mas vamos combinar uma coisa? Para cada pecado abaixo que você cometer em sua empresa você terá que rezar 10 pais-“reais” e 25 ave-“centavos”.

Não como forma de punição, mas apenas uma força divina para conseguir ajudar na saúde financeira de sua empresa cometendo estes erros, e parece que é bem isso mesmo que muitos empreendedores fazem.

 

1 – Misturar dinheiro da empresa com dinheiro pessoal

imprensa_marronVocê já deve estar cansado de ouvir isso e argumentar que “a empresa é minha, o dinheiro é meu”, mas NÃO, quando você faz isso, você está ASSALTANDO a sua empresa, não seja um ladrãozinho de você mesmo.

Um empreendedor conhecido, sem ele perceber, a sua retirada (com pagamentos do carro, escola das crianças, condomínio, etc e etc) estava sendo quase o mesmo valor do que todas as outras despesas da empresa.

Agora me diga: o que a escola do filho tem a ver com a empresa?

Você aumentaria o salário do funcionário porque ele “precisa” aquele mês?

Então não faça isso com você também. Isso vai prejudicar o seu negócio.

Se não acredita em mim, acredite nos deuses financeiros =)

 

2 – Não ter controle das movimentações

Se você que ter bons resultados, precisa ter informações pra saber o que pode ser melhorado ou não.

Tomar as ações a989com “achismo”? É a mesma coisa que tampar os olhos, amarrar suas mãos para trás e sair andando, você pode encontrar o caminho certo, mas a probabilidade de você dar de cara com a parede são imensas.

Portanto, controle cada centavo que entra e cada centavo que sai da sua empresa! Cada centavo.

3 – Não analisar os números como gente grande

Essa parte é “legal”.

Algumas empresas até tem o controle, mas não fazem nada com ele. A empresa está no negativo há 4 meses e não toma atitude.

A empresa está devendo rios de dinheiro e vai deixando, deixando e deixando.

A empresa fatura, mas não lucra e nem ninguém sabe o porquê.

 

Todo final do mês analise seus números, veja onde está gastando mais, onde pode  cortar gastos.

Por qual motivo você está no negativo? O que fazer pra sair dessa situação?

Lembre, chegar numa situação dessa e não fazer nada é a mesma coisa que pedir para ir à falência, pois é uma bola de neve mesmo, só tende a crescer.

E enquanto você não gerenciar seus números isso vai acontecer.

Separar o dinheiro, controlar tudo, não fazer algumas análises financeiras básicas citadas acima são as coisas mais básicas que uma empresa deveria ter.

Mas se a sua empresa que ter o sucesso financeiro mesmo, deve ter alguém F#%# pra gerenciar. Por que?

 

2_bankruptPorque já é todo mundo grandinho aqui pra saber que com finanças não se brinca certo?

Você sabe dizer qual é o Ponto de Equilíbrio da empresa? Se você disser “é o que preciso para ficar no zero a zero, portanto é meu Custo Fixo” você estará completamente errado, cuidado!

Você sabe dizer quanto você deveria faturar a mais para poder contratar um novo funcionário, sem ficar no prejuízo?

Imagine que o salário mais todos os custos envolvidos deste novo funcionário seja 2 mil reais. Quanto a empresa deve faturar a mais para não ter prejuízo com essa nova contratação? NÃO, não é 2 mil.

 

4 – Colocar o preço igual da concorrência

Temos que ter os preços competitivos, sem dúvida, nosso preço deve ser próximo da concorrência se oferecemos o mesmo produto e o mesmo benefício.

Mas você deve saber se aquele preço está cobrindo as suas despesas, seus gastos.

Não é simplesmente comprar por 10 reais e vender por 20 reais. “Uau, to tendo 100% de lucro”.

Uma das frases mais erradas e que infelizmente é comum.

Primeiro que você tem apenas 50% de margem (que é a diferença entre 20 e 10, divido pelo preço final, isso você entenderá melhor no próximo post financeiro nosso de precificação).

Segundo que você deve saber se aqueles 10 reais que lhe sobram você consegue pagar suas despesas fixas (pró-labore, aluguel, luz, etc).promo_casas_bahia

 

Vamos imaginar um exemplo simples.

Você vende 1000 desse produto e só ele: No final de um mês você terá 20mil de faturamento, “Pow, legal heim”.

Muitos já nem teriam essa informação, outros poucos saberiam dela. Mas só isso é suficiente?

Analisando um pouco mais, percebemos que teremos 10mil de margem, ou seja, 20mil de faturamento menos os 10mil de custos com o produto.

“Powwwwww, muito bom, tive 10mil de lucro então”... NÃOOOOOO!!!!!

 

Porque a sua empresa tem 15 mil de despesas mensais (e isso você não sabe né?) e portanto, sua empresa está com 5mil negativos.

“Pots, talvez por isso que me encontro sempre no limite do banco?”

É, talvez seja por isso.

 

Conclusão

savingsEssas análises são fundamentais para não cair no exemplo anterior, de andar com os olhos vendados e as mãos amarradas pra trás.

Eu sei, pode ter certeza que eu sei, que finanças é complicado, é difícil, e arrumar pessoal capacitado para essa área é mais difícil ainda.

Você encontra fácil pessoas que trabalham no financeiro, mas é raro encontrar alguém que consegue realmente não cometer esses 4 pecados capitais.

 

Mas como empreendedor, não pode ficar no “é difícil”, levante sua bunda nádega da cadeira e corra atrás, seja de profissionais capacitados (mesmo com salário maior, o investimento vale a pena), seja com cursos, seja com buscas no Google, não importa.

Alguma coisa você deve fazer, se você fugir desses pecados, pode ter certeza que seu negócio terá muito mais sucesso, mesmo obtendo o mesmo faturamento!

Se não acreditar, faça e me prove o contrário, eu topo o desafio!challenge

Challenge Accepted – Aleksander Avalca

 

 

E VOCÊ? TOPA O DESAFIO?

Você não precisa ser um especialista em finanças para proteger sua empresa. TUDO O QUE VOCÊ PRECISA É O QUE ENSINAMOS NESTE TREINAMENTO AQUI.

O passo a passo, o método e o suporte é com a gente. A decisão de corrigir os erros que podem te levar para a falência é sua.

Compartilhe: 
Escrito por
4blue
Posts relacionados:

Seu email vale ouro!

Coloque seu e-mail aqui pra aprender de graça a lucrar como louco!
Vamos nos conectar?
Newsletter
Deixe seu e-mail aqui e comece a receber dicas e novidades exclusivas!
© 2022 4blue | Desenvolvido por Fresh Lab Agência de Marketing Digital
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram